quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Precisamos de contadores

Hoje, ninguém corre sem tecnologia colada ao corpo. O Rocky corria na rua, nada de acessórios. Hoje, o telemóvel diz quantos quilómetros fizemos, qual a velocidade média, quantas calorias queimámos, quantas miúdas giras encontrámos no caminho.

(jpstanley/Flickr)
E se este conceito fosse transposto para outras áreas de actividade?

Trabalho
Contagem de tarefas executadas, tarefas por executar, horas-extra realizadas, miúdas giras na empresa

Sexo
Horas em cada posição, horas de preliminares, tempo médio de cada relação, relações não concretizadas devido a dores de cabeça, miúdas giras

Facebook
Horas perdidas, vídeos de gatos fofinhos, frase sobre a vida ou motivacionais, “likes” nas nossas publicações, miúdas giras

Futebol
Palavrões ditos durante os jogos, penalties roubados ao nosso clube, estatísticas, miúdas giras no estádio

Jantares
Brindes sem motivo aparente, miúdas giras (tudo o que interessa num jantar)

Noite
Copos, álcool no sangue, encontrões, números de telefone conseguidos, miúdas giras, miúdas giras, miúdas giras

Casamentos
Rissóis ingeridos, garrafas de vinho, momentos lamechas protagonizados pelos amigos dos noivos, convidados sem gravata devido ao álcool ingerido, convidadas giras


Pensando bem, só precisamos de um contador de miúdas giras.

Sem comentários:

Enviar um comentário