quinta-feira, 24 de julho de 2014

O macaco que quis um iPhone

Um macaco com um telemóvel. É esta a história que nos conta uma fotografia, tirada pelo holandês Marsel van Oosten, e que pode vencer o prémio "Wildlife Photographer of the Year".

(Marsel van Oosten, "Facebook Update")
Antes de mais, pode dar azo a mais uma guerra entre a Apple e a Samsung. A empresa da maçã pode dizer que “até um macaco sabe usar um iPhone”. A empresa sul-coreana pode responder que “só um primata escolheria um iPhone”.

Talvez esta fotografia seja um sinal dos tempos. Talvez o filme “Planeta dos Macacos” seja premonitório: em breve, os macacos usarão telemóvel, computador, tablet e terão blogues. Como este. Os humanos deixarão de ser racionais e tornar-se-ão um pouco mais “primitivos”.

Só falta os macacos cumprirem a parte deles, para este cenário se confirmar.

Um macaco, na água, a brincar com um iPhone. Se pudesse falar, o macaco diria: “Brincar com patinhos de borracha é coisa para humanos”. E acrescentaria: “, Enquanto cuido da minha higiene pessoal, gosto de ir ao Facebook e dizer às macacas que sou gostoso”.

Não percebo como pode ter sido tirada esta fotografia. Um macaco, por ser macaco, não tem menos direito do que um humano a estar sozinho no banho. Se ele quiser tirar uma "selfie", já é algo da esfera da vontade pessoal. Mas desrespeitar a sua privacidade não é correcto.

Um macaco, na água, a brincar com um iPhone. E se ele quisesse fazer como qualquer humano e mostrar a sua vida toda na Internet?

Não teríamos jantares, comida, copos, ginásios, praias e afins. A vida de um macaco é bem mais divertida do que isso: anda nu o dia todo, leva o telemóvel para o banho, sobe às árvores, faz acrobacias, come piolhos de outros macacos e reproduz-se abundantemente. Demasiadas tarefas divertidas para não partilhar.

Um macaco, na água, a brincar com um iPhone. Por outras palavras, um ser irracional e selvagem com uma tecnologia avançada. Eu sei, com essa descrição, podia ser um condutor das nossas estradas.

Não sabemos se o macaco deixou o telemóvel na água ou não. Nunca vamos saber.

Ou, se calhar, vamos: um dia, ele envia-nos um pedido de amizade no Facebook. Uma mulher que aceite sujeita-se a receber uma mensagem a dizer "Sou gostoso".

Mas será um macaco, na água, a brincar com um iPhone. Demasiado engraçado para não partilhar.

Sem comentários:

Enviar um comentário